quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Benefícios de Consumir a Planta Ora-pro-nobis


A Associação Dakila Pesquisas liderada por Urandir Fernandes de Oliveira acredita muito no poder das plantas para amenizar ou até curar diversas enfermidades.

A ora-pro-nobis é uma planta que merece uma atenção especial, por possuir um alto valor nutricional e ser de fácil plantio (se adapta a diversos climas e tipos de solo).

A parte comestível desta planta são suas folhas. Nos oferece uma alta dose de proteína (cerca de 25%), vitamina A, B, e C, ácido fólico e alguns minerais como cálcio, fosforo e ferro. Motivo pelo qual muitos a tem como uma forte aliada da desnutrição.

Alguns benefícios de consumir esta planta:


  • É um vegetal riquíssimo em ferro, por este motivo é muito utilizada para combater graves casos de anemia. 
  • Possui um alto teor em fibras, e com isso auxilia no processo digestivo e ajuda a recompor toda a flora intestinal. 
  • A sua alta concentração de Vitamina C ajuda a fortalecer o sistema imunológico. 
  • Como possui Vitamina A (também conhecida como retinol), traz inúmeros benefícios para a pele e para a saúde dos olhos.
  • Graças à presença do cálcio, mantém ossos e dentes fortalecidos.
  • É indicada para quem possui cistite e úlcera.
  • Ao consumi-la sentimos uma grande sensação de saciedade, evitando que você coma em excesso.

Por seu sabor ser neutro, é bem versátil na cozinha. Basta usar a criatividade e a incluir em diversas receitas.

Quem se atentou a está preciosidade da natureza, a cultiva como remédio ou alimento.




sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Conheça a Verdade por Traz do Flúor



Dentre as inúmeras pesquisas realizadas pela Associação Dakila liderada por
Urandir Fernandes de Oliveira, hoje o tópico será sobre os malefícios do flúor.

Quando se escuta essa palavra, a primeira informação que nos vem à mente é o poder
dele de prevenir a cárie, correto?

Sabendo disto, resolvi conversar com uma dentista para saber da veracidade dessa informação e para entender melhor o processo:

Dra. Sonia Dias:
“Podemos dizer que o esmalte dentário é uma capa dura de aproximadamente 2mm de espessura e que protege as partes internas do dente. Esta capa é constituída em sua
maior parte de um mineral chamado hidroxiapatita.

Esta camada de esmalte é de dureza comparável ao osso, mas em compensação é
porosa suficiente para acumular bactérias.

Após a ingestão de determinados alimentos (aqueles que contém açúcares/carboidratos),
o Ph salivar torna-se imensamente ácido em presença das bactérias existentes na boca.
Com isso, acontece uma desmineralização do esmalte dentário.

Quando ingerimos o flúor, há uma interação química entre ele e a apatita do esmalte (hidroxiapatita) formando então a fluorapatita que é bem mais resistente ao Ph ácido.

Por esse motivo ele é tido como "mocinho" na história da cárie dentária.

Porém, os malefícios do consumo são imensos e existem outras formas para se precaver
sem ter tanto prejuízo, sendo uma delas a mudança na alimentação.

Sempre pesquisei sobre o Flúor, e optei por nunca o utilizar no meu consultório.
Aproveito a presença dos meus pacientes para os conscientizarem e para diminuírem a ingestão desta substância no dia a dia.”

Efeitos colaterais do Flúor:

·      Acelera o processo de envelhecimento.
·      Altera o sistema imunológico.
·      Causa câncer.
·      Osteoporose.
·      Afeta a tireoide.
·      Interfere no nosso hipocampo (região responsável pela coordenação do
 funcionamento de outras partes do cérebro, memória, tomada de iniciativa, torna as
pessoas mais dóceis, etc.).
O grande problema é que qualquer dano no hipocampo diminui a vontade, a capacidade
de decisão, de contestação etc., isto é, torna qualquer pessoa dócil e submissa (fato bem "interessante" para as lideranças mundiais), embora também possa levá-la à loucura.
Um fato que deve ser ressaltado, é que os resíduos do flúor não são eliminados
totalmente do organismo, tornando-se cumulativo ao depositar-se em alguns locais do
nosso corpo. Nos ossos, dentes e na glândula pineal.

Existem evidências históricas que mostram acordos entre o governo americano e o
regime de Hitler para o financiamento do projeto da fluoretação das águas de alguns
países para tornar o povo dócil ao controle e à ditadura.

O que torna ainda mais alarmante e que confirma que o governo e as indústrias que
fazem uso dessa substância sabem da sua toxidade, é o fato de existir uma lei no
Ministério do Meio Ambiente que proíbe que ele seja descartado ao mar, rios ou lagos.

Porém, arrumaram uma solução para que ele ao em vez de ser descartado, gerasse lucro.
Para terem uma ideia, é calculado que a indústria americana em vez de
gastar US$400 milhões por ano tentando dispensá-lo sem agredir o ecossistema,
consiga lucrar cerca de US$180 milhões.

Não parece mais uma ideia brilhante do sistema capitalista?

Onde é adicionado o Flúor:
·       Na água que consumimos.
·       Nas pastas de dente.
·       Nos enxaguantes bucais.
·       Alguns alimentos como: sal, leite, refrigerantes e outros.
·       Analgésicos.
·       Tranquilizantes.

Alguns países ao se atentarem a este mal, proibiram a fluoretação na água 
potável:

Alemanha, Bélgica, Áustria, China, Dinamarca, Finlândia, França, Holanda, Hungria,
Irlanda do Norte, Japão, Luxemburgo, Noruega, República Checa, Suécia, etc.

Todos os países indicados acima fizeram uma declaração de esclarecimento por que
não aceitaram a implementação do flúor na água.

Países onde a fluoretação é liberada:

Brasil, Austrália, Estados Unidos, Canadá, Malásia.

Ou seja, apenas 5,7% da população mundial consomem este tóxico.

Enquanto o nosso país não entra na primeira lista citada, existem algumas 
formas para você diminuir o seu consumo:

·       Procure por pastas de dente sem a adição do flúor. Já existem várias opções
no mercado.
·       Procure por dentistas que façam uso do bicarbonato de sódio no seu escritório para
os auxiliarem na limpeza dentária dos seus pacientes.
·       Atente-se a sua alimentação e evite alimentos processados, enlatados,
embutidos, etc.
·       Opte por uma alimentação balanceada com produtos frescos e naturais.


Busque conhecimento. 
Não aceite a primeira verdade que é colocada para você!

domingo, 8 de outubro de 2017

Você Utiliza Óleo Vegetal? A Sua Saúde Pode Estar em Risco


O que a indústria alimentícia chama de óleo vegetal, na realidade não tem nada de vegetal.

Muitos ainda acreditam que eles são a melhor opção na hora de cozinhar, porém, na hora que pesquisamos vemos que não é bem assim.

Estes óleos são nomeados desta forma para que a população associe eles com um produto saudável. Porém, eles são tóxicos e fazem mal a saúde.
O processamento destes óleos envolve o uso de diversos químicos industriais e solventes altamente tóxicos.

Os consumos destes óleos podem causar:
  •    Doenças cardíacas.
  •    Diabetes
  •     Obesidade.
  •    Câncer.
  •   Entre outros malefícios. 

Óleos vegetais que não devem ser consumidos de forma alguma:

  • Óleo De Canola
  • Óleo De Milho
  • Óleo De Soja
  • Óleo vegetal
  • Óleo De Amendoim
  • Óleo De Girassol
  • Óleo De Cártamo
  • Óleo De Semente De Uva
  • Margarina
  • Um foco especial para o Azeite de Oliva: você terá a totalidade das suas propriedades ao consumi-lo frio.

Ao ler estas informações você deve estar se perguntando qual é a melhor opção para você cozinhar no seu dia a dia.
Existem três opções: óleo de coco, manteiga e banha de porco.
Mantenha em mente que deve consumir a gordura animal, a vegetal (com exceção do óleo de coco) é prejudicial para a sua saúde. Desta forma fica mais fácil de lembrar.

Você mesmo pode produzir a banha de porco na sua casa, e a boa notícia é que ele pode ser reutilizado, ao contrário dos óleos vegetais que possuem gordura trans (um anti nutriente).

Para isso basta comprar toucinho, fritá-lo e reservar em um recipiente de vidro toda a gordura que soltou.

É difícil evitar os óleos vegetais quando se tem o costume de comer fora, mas se você puder se conscientizar começando a mudança por você, aos poucos todos da sua família passaram a ter este hábito. Assim, terá um grande ganho na saúde de todos.


Mude seus hábitos.
Conscientize-se!




sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Consuma Enxofre, Consuma Saúde


O enxofre orgânico é um mineral essencial para que o nosso organismo tenha um bom funcionamento.
Após diversas pesquisas, foi constatado que o consumo dele melhora a absorção e potencializa todos os nutrientes e as vitaminas que ingerimos.

A descoberta do papel do enxofre biológico na saúde foi um dos maiores avanços na medicina ortomolecular e possibilitou que ele fosse consumido de forma complementar.
Após o cálcio e o fósforo, o enxofre é o terceiro mineral mais abundante no corpo. Cerca da metade de todo o enxofre esta contido no tecido muscular, pele e ossos.

A baixa concentração deste nutriente no nosso corpo é relacionada com diversas queixas, tais como, fadiga, depressão, stress físico e psicológico, e com um grande número de doenças degenerativas.

Hoje em dia é muito difícil consumirmos a dose necessária de nutrientes através da alimentação, por isso é interessante fazer uso de certos suplementos.

Duvido que ao ler as informações a seguir você não se renda a esta cápsula que lhe trará inúmeros benefícios!


  • Promove a formação da queratina e do colágeno (motivo pelo qual muitos o chamam de “mineral da beleza”).
  • Promove a saúde da pele em geral, tratando ou prevenindo possíveis doenças nesta área.
  • Reduz as rugas (encontramos este mineral em diversos cremes de beleza).
  • Promove o crescimento do cabelo e das unhas.
  • Ajuda a eliminar as toxinas que se acumulam no corpo.
  • Combate bactérias e fungos.
  • Aumenta a produção de enzimas dentro das glândulas do corpo, e com isso, aumenta a nossa resistência a diversas doenças.
  • Aumenta a flexibilidade nos tecidos no interior do nosso corpo e aumenta a circulação do sangue.
  • Reduz a inflamação dos músculos e das articulações e impede a dor. Restabelece rapidamente a recuperação (motivo pelo qual todas as pessoas que praticam atividade física regularmente se beneficiam muito do uso dele).
  • Facilita a oxigenação das células e dos tecidos, dificultando a formação de células cancerígenas.
  • Alguns estudos já têm indicado que ele pode reverter os sintomas da Doença de Alzheimer e da Doença de Parkinson.
  • Uma boa dica para quem tem diabetes, hipoglicemia ou quer apenas prevenir estas doenças: ele ajuda o corpo a regular a produção de insulina.
  • Ele ajuda a aliviar as dores de cabeça crônicas e a enxaqueca. Pois o aumento da circulação nas células cerebrais promove a circulação sanguínea no cérebro. Com isso, a pessoa tem menos pressão e dor, tendo uma redução das dores de cabeça.
  • Quem sofre de retenção de líquido associado com insuficiência renal ao consumi-lo pode perceber uma boa melhora.
  • Regula a produção hormonal aliviando os sintomas de TPM e reverte a disfunção erétil.


Dose diária necessária - 2 gramas

Consuma enxofre, consuma saúde. Adquira o seu.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Consequências de utilizar o Micro-ondas


Até quando as pessoas irão continuar na ignorância sacrificando a sua saúde em troca da
conveniência do microondas?

Se você não sabe do que estou falando, continue a ler esta matéria e informe-se.

Podemos encontrar o micro-ondas em mais de 90% dos lares dos americanos. Ao questionarmos cada 
pessoa sobre o que levou ela a adquirir este forno, a explicação lógica é a sua conveniência e a
eficácia na hora de economizar energia. 
Pois, foi esta informação que chegou até ela através da mídia e de todas as plataformas
que ela tem acesso.

E se eu te contasse outra versão? Acredite, o alimento que entrar em contato com ele, não importa
quão saudável seja, perderá todos os seus nutrientes.

Um exemplo: você chega em casa no final do dia cansado, e quer esquentar a comida que sobrou 
do almoço. Opta pela sua conveniência e esquenta arroz, feijão, carne, brócolis e cenoura. 

Come aquela refeição pensando estar ingerindo uma alimentação balanceada (como te ensinaram 
nos noticiários). 

Porém, a grande questão é: no momento que aquela refeição entra em contato com aquela energia eletromagnética (ondas de luz ou ondas de rádio), ela é capaz de retirar 100% dos nutrientes zerando 
qualidade daqueles alimentos.

Outro fator que deve ser levado em consideração, são os alimentos aquecidos em recipientes 
de plástico que liberam uma substância altamente tóxica chamada DIOXINA.

Se você não sabe do que estou falando, acesse o link a seguir: 
http://www.urandir.com.br/2017/04/dioxina-tire-esta-toxina-do-seu-dia-dia.html

Lembre-se disso da próxima vez que for esquentar a sua refeição ou a do seu filho. 

O ideal é optar pelo fogão. 
Ele terá a mesma função, porém, sem o malefício do micro-ondas. 

Você sabia?

Na realidade o Micro-ondas foi uma criação nazista para preparar refeições em larga escala em pouquíssimo
tempo durante a guerra?
Porém, após algum tempo os alemães aliados recolheram algumas amostras e fizeram uma
investigação científica em torno deste forno.

Como resultado, o seu uso foi proibido na União Soviética, e aproveitaram para emitir um 
alerta internacional sobre os seus riscos biológicos e ambientais. 

Houveram outras pesquisas feitas pela Europa Oriental que também constataram os efeitos do uso 
do micro-ondas. 

Porém, os Estados Unidos, Brasil e alguns outros países, ao se depararem com estas pesquisas,
 optaram por ignorar todos os relatos e lucrarem com esta tecnologia.

Não existe exceção, qualquer alimento que entrar em contato com o micro-ondas trará
 malefícios para a sua saúde.

Um dia ouvi uma frase engraçada que ilustra bem esta matéria: “resumindo, o micro-ondas 
é uma tecnologia que não deveria ser dada nem ao seu maior inimigo.”

Brincadeiras à parte, atente-se a esta informação e o elimine do seu dia a dia.

A sua saúde agradece.

sábado, 8 de julho de 2017

Refrigerante - Uma Bebida Altamente Tóxica


Hoje em dia é difícil encontrar alguém que não tenha dimensão do quão prejudicial os refrigerantes são para o nosso organismo.

Porém, incrivelmente muitos optam por ignorar esta informação e continuam o consumo desta bebida altamente tóxica.

Sabemos que para termos uma vida saudável, um dos requisitos é que devemos tirar todos os refrigerantes do nosso 
dia a dia. Pois possuem uma alta dose de açúcar, sódio, e de inúmeras substâncias que são
extremamente prejudiciais a nossa saúde.

A situação só piora, pois para que ele seja qualificado como zero, diet, etc., é retirado um 
percentual de açúcar, porém, aumentam a dose e adicionam inúmeros produtos químicos, os tornando ainda piores do que a sua versão original.

Será que vale a pena continuar o consumo desta bebida depois de saber o que ela causa ao seu 
organismo?

As principais consequências de consumir refrigerantes:

  • Causa diabetes: aumenta o nível de glicose no nosso sangue.
  • Osteoporose: possuem uma alta dose de ácido fosfórico, que tem como consequência o aumento do risco de desenvolver a osteoporose.
  • Doenças cardiovasculares: um indivíduo que consome refrigerante durante 22 anos, aumenta em 20% o risco de infarto.
  • Pressão Alta: os refrigerantes que possuem cola e guaraná, possuem um alta dose de cafeína, fator que pode causar o aumento da pressão.
  • Câncer: para que os refrigerantes ganhem cor, é adicionado uma alta dose de produtos químicos que tem o câncer como consequência.
  • Gastrite: devido a adição de ácido na sua composição para tornar o líquido gaseificado, ele é um dos responsáveis pela azia e a gastrite.
  • Cárie: o refrigerante corrói o esmalte dentário e aumenta a chance do indivíduo de desenvolver gengivite.
  • Envelhecimento precoce: o excesso de açúcar e fosfato acelera o envelhecimento das células, prejudica as funções musculares e renais.
  • Infertilidade: as latas de alumínio possuem uma substância chamada Bisfenol (BPA), e o seu uso esta associado com problemas hormonais que aumentam o risco de câncer, obesidade, e infertilidade.


Se após ler esta matéria, você ainda não estiver consciente de como você deveria banir esta bebida da 
sua vida, saiba que apenas 1 copo de Coca Cola é capaz de intoxicar o seu corpo por 23 dias!

Sabendo disso, será que as pessoas teriam coragem de continuar apresentando e oferecendo para as 
crianças que já crescem tendo este líquido como parte de suas vidas?

Eduque o seu filho para que ele cresça com hábitos saudáveis.

Acredite, não existe um benefício se quer de consumir esta bebida.

Quer retardar o seu processo de envelhecimento, melhorar a sua saúde e a qualidade da sua vida?

Elimine já o REFRIGERANTE da sua vida.


quinta-feira, 8 de junho de 2017

Afinal, quem faz o milagre?



Será que o que a Igreja denomina como “Milagre” realmente acontece da forma como nos contaram?

Milagre é um desenvolvimento, uma manifestação do nosso poder mental em cima de um foco, de um objetivo, ou seja, da realização de nossas vontades.

Um livro lançado em 2006 chamado “O Segredo” da escritora Rhonda Byrne explica o nosso poder 
mental, mostrando que quando direcionado poder trazer para a matéria o que antes foi só um 
pensamento. 
Porém, nos ensinamentos deste livro (que se tornou tão popular) falta um detalhe para que estes 
"milagres" se realizem de forma eficaz. 

A formula seria:   Pensamento + Desejo + Vontade  (Este sim é um dos segredos por trás do que a 
Igreja denomina como Trindade).

No meio destes três passos você deve adicionar a Emoção.


Escolha qual delas você se julga mais apto a manipular. 
Como exemplo temos: medo, tristeza (estimular o 
choro), a felicidade, energia sexual, etc. 
Para te auxiliar busque em sua memória uma situação ocorrida no passado ou apenas imagine uma cena 
criada por você, o importante é que sinta ela correndo 
nas suas veias, sinta o arrepio, a emoção forte onde 
não reste dúvida que ela foi "acessa". 
Ao sentir, o próximo passo é pensar no que deseja, e por fim, em uma cena mental se veja 
vivenciando o seu “milagre”. 

A emoção é um dos indícios de que somos parte do Deus supremo, ela nos torna capaz de nos 
tornarmos nosso próprio Deus, e com isso proporcionarmos tudo que for necessário para a nossa caminhada. 

Então concluímos que um milagre acontece por meio de um processo físico/bioquímico através da 
nossa produção mental (nossa visualização), então todos nós podemos realizar nossos milagres, 
pois cada um faz o seu!

Não existe a situação que muitos religiosos pensam, a ideia de um “Deus” externo ser responsável 
por te proporcionar aquele almejado carro, ou que ele vai te auxiliar em qualquer outro interesse 
particular. “Deus” obviamente não tem fábrica de carro, de remédio, etc. 
Enquanto a população acreditar nisso, continuará a ser manipulada e permanecerá "inercie" a espera 
de que alguém vá proporcionar as suas vontades terrenas. 

Mas como devemos esperar que a população pense e aja diferente se a palavra “oração” é mais 
uma dentre as milhares que foram corrompidas? 

Na verdade, ORAÇÃO = HORA DA AÇÃO.

Você quer finalmente ver a transformação no seu universo particular? 

Que tal começar agindo diferente hoje indo em direção ao futuro que escolheu?

“Deus” é uma energia suprema de onde todos nós somos pedacinhos, pois somos partículas 
lançadas nos universos, assim temos o potencial de um Deus Criador!


Enquanto acreditar que tem um “Deus” protetor, que ajuda, faz isso e aquilo, continuará limitado.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Batata Doce - Aliada da Alimentação Saudável


A batata doce é um alimento riquíssimo em nutrientes, aliada da alimentação saudável. 
Ela é uma boa fonte de energia para o seu corpo, não eleva muito o nível do açúcar do seu 
sangue e dá bastante saciedade impedindo que você coma em excesso.

Isto acontece pelo fato dela liberar energia lentamente no organismo estendendo a sensação 
de saciedade e prolonga a disposição de quem a consome. 
Ela não estimula o hormônio chamado insulina, que é responsável pelo aumento da fome e 
pelo acúmulo de gordura.

Supera diversos alimentos similares em virtude dos seus nutrientes, porém, sem engordar.
Uma boa dica para quem quer manter o corpo saudável e bem nutrido.

A melhor maneira de obter os benefícios desta batata, é fazer ela cozida.
Parta ela ao meio, coloque dentro de uma panela funda e adicione água até que a cubra por completo.
Deixe ferver e depois de 15 minutos com o auxilio de um garfo, verifique se ela já está macia.
O ponto ideal da batata doce é quando o interior dela estiver com uma cor “cintilante” (como exemplo verifique a foto no início desta matéria). 
Se ela atingiu esta coloração e está macia, já está pronta para ser consumida. 
Não deixe a casca de lado, pois ela é rica em fibras e nutrientes.


Adicione este poderoso alimento no seu dia a dia!

segunda-feira, 8 de maio de 2017

O Azeite Ideal para Consumo

Que o azeite faz bem para à saúde todos já sabem, porém, a cada dia que passa encontramos mais variedades expostas nas prateleiras dos supermercados.
Mas, qual é o mais adequado para o nosso consumo?
Quais detalhes eu devo me atentar e que vão fazer toda a diferença na hora da minha compra?

Mantenha distância dos azeites que tenham estas especificações:

  • A primeira opção a ser descartada são os azeites que estejam em embalagem de vidro transparente. Como a luz os atinge com facilidade, a gordura boa sofre uma oxidação.
  • Fique longe das embalagens de lata, pois aquele metal possui algumas toxinas             (conhecidas como xenobióticos), que são facilmente atraídas pelo azeite que está dentro do recipiente tornando-os tóxicos. Lembre-se: toda química é solúvel em gordura boa.

Forma correta de escolher um azeite:

  • Procure por azeites que estejam em recipientes de vidro escuro. Este detalhe impede que a luz entre em contato com o produto.
  • Outro fator que deve ser ressaltado e que você deve ter como hábito, é o de ler os           ingredientes que constam no rótulo. Pois, para os fabricantes economizarem no processo de fabricação do produto e lucrarem ainda mais com as vendas, várias empresas misturam outros tipos de óleos junto aos azeites. Um óleo que é muito comum encontrarmos na lista de ingredientes, é o óleo de soja. Então, se você não tem o costume de ler estes detalhes, possivelmente você nunca tenha experimentado um azeite de verdade.
  • Fique atento a acidez dele, dentre as opções que encontrar ela deve ser a menor possível.       Um exemplo de azeite com baixa acidez: 0.2
  • Adquira apenas o azeite extra-virgem.
  • Ele deve ser prensado a frio.
  • A última dica é prestar atenção no local onde o azeite é fabricado e envazado. Os dois      processos devem ocorrer no mesmo país. Pois, caso ocorram em locais diferentes, ele pode sofrer um processo de oxidação no caminho até ser envazado.

Depois de ter seguido estas especificações e ter escolhido a melhor opção de azeite, 
qual a maneira correta de guardar ele em casa?

  • Mantenha ele sempre dentro de um armário escuro.
  • Nunca deixe ele perto do fogão, pois ao receber calor a gordura boa pode oxidar.
  • Prefira o azeite na finalização dos alimentos, pois ao entrar em contato com uma temperatura muito alta ele perde as suas propriedades.
Atente-se a todas estas dicas.
Tenha como hábito ler as embalagens!

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Um perigo chamado DIOXINA


No Brasil, o assunto é praticamente desconhecido e talvez você 
também nunca tenha sequer escutado este nome um dia.

dioxina é uma família de substâncias químicas que contém
 carbono, hidrogênio e cloro.

A encontramos em boa parte dos alimentos, nos produtos de higiene 
pessoal, em produtos de plástico (principalmente quando entram em 
contato com algum tipo de calor), etc.

Produtos que passem por um processo brusco de 
branqueamento e posteriormente entrem em contato com o nosso corpo
liberam esta toxina e por consequência, nós a absorvemos.

Ela é mais um tóxico causador de uma série de adversidades na saúde, incluindo o retardamento 
no desenvolvimento e aprendizado, falta de memória, anormalidades no sistema reprodutivo 
e imunológico, diabetes e possui alto potencial cancerígeno.

Sem saber do perigo que esta substância causa ao entrar em contato com o nosso corpo, 
milhares de pessoas do mundo inteiro compram alimentos que já vem aquecidos em embalagens de 
isopor. 
Para melhor exemplificar tamanho malefício, apenas uma marmita de isopor é capaz de
liberar uma quantidade de dioxina que equivale a 5 meses consecutivos bebendo diariamente 
pelo menos 4 unidades de uma bebida aquecida e posteriormente adicionada em embalagens de 
plástico ou isopor.

Pra piorar, você sabia que já vem sendo intoxicado desde criança (por falta de conhecimento) 
pelos seus pais? 
Pois dificilmente se encontra alguém que quando bebê não tomou mamadeira em uma
embalagem de plástico aquecida.



Como se não bastasse, o governo não se preocupa em regular o transporte de galões de água 

mineral que circulam constantemente pelas cidades.
Aqueles galões de plástico que tem como destino final a casa de milhares de cidadãos,
trafegam sem nenhuma regulamentação por horas expostos ao exaustivo calor do sol.
Ou seja, você adquire água mineral pensando ser o melhor para você e para a sua família,
porém, já a recebe inteiramente intoxicada.


   
Com estas informações concluímos que a humanidade inteira possui altas doses de dioxina 
em suas correntes sanguíneas agindo lentamente como uma droga silenciosa. 

Como dica: 
  • Dê preferência para águas que sejam vendidas em garrafas de vidro. Ela pode ter um custo       um pouco elevado, porém te auxiliará no prolongamento da sua vida. 
  • Quando for adquirir uma refeição, deixe de lado a embalagem de isopor e dê preferência para a embalagem de alumínio.
  • Na hora de aquecer a mamadeira do seu filho, certifique-se que ela seja de vidro, deixando de   lado a embalagem de plástico.
  • Na próxima oportunidade de adquirir um café ou achocolatado, certifique-se de que ele virá          em uma xícara de vidro ou cerâmica para não sobrecarregar mais o seu corpo desta substância.


O nosso país deveria ter legislações e fiscalizações mais rígidas quanto às substâncias 
tóxicas utilizadas nos alimentos e nos produtos de uso pessoal, pois deveria ser papel 
do governo se preocupar com a saúde e o bem estar de sua população. 
Porém, como sabemos que isto não acontece devemos estar sempre informados para nos
mantermos longe do que pode se tornar nocivo para a nossa saúde.


Como evitar a exposição:
  • Dê preferência para alimentos orgânicos e com baixa quantidade de gordura.
  • Opte pelo consumo de papéis branqueados naturalmente ou não branqueados. Cuidado       especial com papeis e plásticos que entrem em contato com a comida e que possam vir a ser aquecidos (uso de filtro de papel e do suporte de plástico para coar café, toalhas de papel,       papel manteiga etc). Mantenha sempre em mente que nenhum plástico deve passar por um processo de aquecimento, pois a dioxina pode ser liberada diretamente no alimento. Dê preferência para produtos de cerâmica e vidro.
  • Evite gomas de mascar.
  • Mulheres: cuidado especial com absorventes íntimos que tenham passado por um processo de branqueamento agressivo.

Diante das informações citadas acima, concluímos que um consumo mais consciente (desde a consciência 
do que se come e até a aquisição de bens de consumo), seria uma estratégia para diminuirmos a intoxicação 
por meio da dioxina. 

Um exemplo de como o conhecimento é uma forte ferramenta para prolongarmos o nosso
tempo de vida.

Não ignore o poder desta substância no seu corpo.